Mariah Carey - Charmbracelet
Sep 16, 2022
61
Após o impacto negativo que 'Glitter' teve tanto em sua carreira quanto em sua vida pessoal, Mariah Carey retorna com 'Charmbracelet', um album supostamente íntimo que busca uma conexão maior da artista com os seus fãs, é um album que foi concebido em um momento frágil de sua vida, mas que ainda sim, mesmo com sua proposta, se mostra ainda longe daquilo que a artista representa e sua proposta íntima é um tanto irregular também.

A soundtrack 'Glitter' realmente foi um trauma para a artista e possível para qualquer um que ouviu porque meu Deus, e esse trauma dela não é só pelo seu enorme fracasso, tanto do filme quanto da soundtrack, mas também pela péssima recepção crítica de ambos tanto da mídia quanto do público, isso acabou sendo gatilhos para a artista que já tinha seus problemas, que dos quais acabaram
vindo a tona devido a queda avassaladora em sua carreira, Mariah Carey se viu desestabilizada, e o que venho à seguir foram vários momentos vergonhosos em público em sequência, até que então Mariah Carey resolveu ir para reabilitação e nessa fase de reconciliação pessoal foi concebido o 'Charmbracelet'.

O album tem como proposta resgatar aquela essência de Mariah Carey que parecia estar sumindo, conectar a artista aos seus fãs fervorosos e também trazer uma perspectiva íntima da artista jamais vista, mas sendo sincero, o 'Butterfly' conseguiu fazer isso de maneira muito mais convincente que este album, não que ele não soe intimista em nenhum momento, pois temos canções que falam dar dor e superação da artista, tem canções que falam sobre suas crenças também, e de maneira bastante convincente e bela, mas é algo bem irregular, não essas músicas no caso, mas que existe muito mais que intimidade nesse album e uma quantidade absurda de fillers enchem o album de maneira desnecessária, o album vai além do íntimo e Mariah muda constantemente o foco do album, fazendo a obra soar bastante contrária à aquilo que foi proposto.

Sua sonoridade é interessante, apesar de ser aquele R&B bem típico do início dos anos 2000, porém ele ao menos serve para firmar a Mariah na onda de hip hop que ela iniciou em "Fantasy", as baladas do album seguem uma linha que remete as suas músicas antigas, mas ainda sim mantém aquele ar novo fazendo uso de uma instrumentalização moderna, o desenvolvimento do som desse album não é a coisa mais inovadora e nem impressiona tanto, mas sabe cativar e nos trazer interesse, é uma produção satisfatória.

Vocalmente esse album parece melhor que o 'Glitter', apesar da crítica considerar esse seu pior projeto vocal, eu ainda acho melhor que a aquela soundtrack imunda, mas ainda é realmente inferior a todo restante da discografia da artista, a voz de Mariah soa forçada às vezes a alcançar algo que ela não consegue mais, em muitos momentos sentimos a voz cansada da artista, isso deve ser obviamente sequelas da fase difícil que a artista estava passando, os vocais ainda sim são bons, só não são nível Mariah Carey.

As participações especiais aqui funcionam bem, Mariah volta a ter aquela química com seus colaboradores, coisa que faltou muito na soundtrack 'Glitter'.

'Charmbracelet' tem vários problemas, mas ainda sim tenta o possível para cativar o ouvinte, é album irregular facilmente detestável por muitos, pois sua proposta é mal desenvolvida, sonoridade não soa coesa sempre, e o album também se estende mais do que deveria, mas ainda sim apesar de tudo, tem algo nele que me faz ao menos gostar dele nem que seja minimamente, e também dou certo desconto pela fase difícil que a artista estava passando na época.

Through The Rain: 10.0
Boy (I Need You) ft. Cam'ron: 7.2
The One: 8.0
Yours: 6.6
You Got Me ft. Jay-Z & Freeway: 6.4
I Only Wanted: 6.8
Clown: 7.6
My Saving Grace: 8.1
You Had Your Chance: 7.5
Lullaby: 6.7
Irresistible (West Side Connection): 5.8
Subtle Invitation: 7.7
Bringin' On The Heartbreak: 8.0
Sunflowers For Alfred Boy: 8.0
Through The Rain (Remix): 6.5

Média das Faixas Avulsas: 73

Coesão / Aspectos Técnicos: 50

NOTA FINAL: 61

2 Comments
2w
Realmente "Irresistible (West Side Connection)" é uma das piores faixas dela.
Esmaga Glitter com força!
2w
@DiegoSerling Eu detesto o sample dessa música, e ela usa até a harmonia e melodia da música do Ice Cube.

O Glitter dificilmente será batido como o pior, Charmbracelet pode ser mediano, mas é melhor que Glitter em todos sentidos.
Sign in to comment.
More Reviews by JonasFernandes
Mariah Carey - Glitter
39
Aug 28, 2022
Mariah Carey - Rainbow
66
Aug 23, 2022
Mariah Carey - Butterfly
92
Aug 6, 2022
Mariah Carey - Daydream
88
Aug 3, 2022
Mariah Carey - Music Box
90
Jul 9, 2022
Advertisement
Rate and review albums along with the AOTY community. Create an account today.
Become a Donor
Donor badge, no ads + more benefits.
More Reviews
aristocat
rguitar
Julifork
pedrosabe16
ilovemariah
gingersmeow
tokyolovehotel
ratococacola
abductee
ArthurPerry
PMM
jairo0nehemias
musicbox
LukasLima
crackedbowie
Advertisement

AOTY July Playlist
Forums