Demi Lovato - Dancing With The Devil…The Art of Starting Over
Apr 2, 2021
59
Após um evento fatídico em que quase morreu por decorrência de uma overdose no ano de 2018, Demi Lovato lança seu sétimo álbum de estúdio, o 'Dancing With the Devil: the Art of Starting Over', que surge de um contexto problemático envolvendo uma série de questões delicadas das quais carecem de atenção e muita cautela.

Na música pop, é bastante comum ver artistas usando suas dores para comercializar canções e discos repletos do mesmo tema, e com Demi Lovato não seria diferente. Apesar de entregar composições verdadeiramente carregadas de sofrimento e angústia, Demi infelizmente se mantém na mesma linha pela qual vem desenvolvendo seus lançamentos nos últimos anos, e isso é o que torna 'Dancing With the Devil: the Art of Starting Over' uma grande decepção.

Do que adianta escrever de uma forma tão forte e pessoal, mas pouco surpreender quando essas mesmas canções ganham uma roupagem vazia e extremamente genérica no que fiz respeito a melodias contidas na produção bagunçada, que hora caminha pelas baladas excessivamente sem graça, outrora pelos sintetizadores igualmente sem nenhum traço único de identidade artística. Infelizmente, Demi Lovato acaba recorrendo aos seus vocais para dar um pingo de emoção, o que de fato funciona, mas não por muito tempo, uma vez que é nauseante ouvi-la gritar a todo momento. E se nem mesmo os vocais foram capazes de aprimorar o resultado, as parcerias muito menos. Ariana Grande e Demi Lovato tinham tudo para um dueto estridente e incrivelmente bem feito, mas ambas pouco se ligam do quão distantes estão uma da outra. Já com Noah Cyrus, o resultado é ainda pior: uma faixa esquecivel em todos os sentidos.

Em resumo, 'Dancing With the Devil...' tinha tudo para ser um grito expressivo do quão longe Demi Lovato foi, ela ultrapassou seus limites, ela é uma sobrevivente, um milagre vivo e merece ser respeitada por isso. Mas como dona de uma obra delicada, frágil e superficial ao mesmo tempo, Demi segue sendo a mesma e parece nunca expandir ou evoluir artisticamente.
7 Comments
Apr 2, 2021
Concordo em partes, mas ótima pontuação. Eu tbm acho que ela usa essas reflexões sobre os problemas de forma mt sem identidade como eu disse na minha review, mas eu acredito que ela está tendo uma certa evolução e pra ser sincero eu até gostei do álbum.
Apr 2, 2021
@⨇arvelgaryen não é um álbum impossível de ouvir, sabe? ele é bem acessível e tal. mas é muito repetitivo e cansativo. ela evoluiu, entregou ótimas composições. mas no geral ainda parece ser a mesma, mesmo se esforçando
Apr 2, 2021
vou ouvir esse álbum dela
Apr 3, 2021
@Mizinha ouve e depois me conta oq achou
Apr 3, 2021
@Maqtheus eu achei um disco bem maçante, exagerado vocalmente , jutando o ranço dessa garota forçada, mais a chatura que achei o disco , socorro!
Apr 4, 2021
Maq falasse muito bem ao colocar a música como uma linguagem que também deve carregar seu significado pro trabalho ser completo, não apenas um produto de apelo comercial. Respeitasse totalmente a arte aqui, amei muito!
Apr 5, 2021
@Mizinha faço das suas palavras as minhas!

@GABZ muito obrigado, gabz! obrigado por ter gostado viu
Liked By
More Reviews by Maqtheus
Demi Lovato - Demi
40
Aug 23, 2020
Popular Albums
BROCKHAMPTON - ROADRUNNER: NEW LIGHT, NEW MACHINE
BROCKHAMPTON
ROADRUNNER: NEW LIGHT, NEW MACHINE
Taylor Swift - Fearless (Taylor's Version)
Taylor Swift
Fearless (Taylor's Version)
Floating Points, Pharoah Sanders & The London Symphony Orchestra - Promises
Floating Points, Pharoah Sanders & The London Symphony Orchestra
Promises
SPIRIT OF THE BEEHIVE - ENTERTAINMENT, DEATH
SPIRIT OF THE BEEHIVE
ENTERTAINMENT, DEATH
Godspeed You! Black Emperor - G_d's Pee AT STATE'S END!
Godspeed You! Black Emperor
G_d's Pee AT STATE'S END!
Black Country, New Road - For the first time
Black Country, New Road
For the first time

April 2021 Playlist
Forums